Fórum Brasil África 2020 terá gestão de recursos naturais como tema central
14 de fevereiro de 2020
COVID-19 – Mensagem do Presidente
20 de março de 2020

Instituto Brasil África realizará duas edições do YTTP com jovens do Senegal em Fortaleza

O Instituto Brasil África (IBRAF) vai realizar duas edições do Youth Technical Training Program (YTTP), seu programa de capacitação técnica para jovens, em 2020. Em parceria com a Secretaria Executiva do Conselho Especial de Segurança Alimentar do Senegal (SECNSA, em francês), o YTTP Edição Senegal contará com uma turma em maio e outra em outubro, cada uma com 30 alunos.

A parceria entre e IBRAF e SECNSA foi firmada em janeiro, quando assinaram um Memorando de Entendimento para o desenvolvimento de projetos e estreitamento de laços. Na última semana, João Paulo Alves, Assistente da Presidência do Instituto, esteve em Dakar para acertar os últimos detalhes da execução do projeto com Jean Pierre Senghor, Secretário Executivo da SECNSA, Mame Fatou Diaite, Chefe do Departamento de Estratégias de Resiliência em Segurança Alimentar, e Malick Ba, Coordenador dos Escritórios Regionais de Segurança Alimentar.

As edições 2020 do YTTP acontecerão durante três semanas, com a primeira turma sendo realizada entre os dias 11 e 30 de maio. Neste ano, os participantes farão treinamentos em três eixos centrais: Uso de tecnologias de informação e comunicação na agricultura; Modelos de agricultura familiar viável; e Administração técnica e financeira de companhias agrícolas. As temáticas estão de acordo com o programa Nouveaux Terroirs Resilients, executado pela SECNSA. O programa será aplicado em parceria com a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (FETRAECE).

Com a nova edição, dedicada exclusivamente ao Senegal, o YTTP se consolida como um dos principais programas de transferência de conhecimento entre o Brasil e o continente africano. Durante o curso, os senegaleses terão a oportunidade de aprender sobre as práticas e técnicas da agricultura brasileira e poderão aplicá-las às suas realidades locais. 

“A capacitação de jovens é imperativa para garantir o desenvolvimento e o sucesso de práticas agrícolas no continente africano. O YTTP, então, vai trazer esses jovens para o Brasil para criarmos laços de cooperação”, explica João Bosco Monte, Presidente do IBRAF.