Necessidade de solidariedade entre nações foi principal pauta em diálogo promovido pelo IBRAF
7 de maio de 2020
Engajamento dos jovens em práticas agrícolas foi pauta de webinar promovido pelo IBRAF com participação da FAO, WFP e União Africana
29 de maio de 2020

A pandemia apresenta novas direções para a cooperação internacional, assim concluíram os participantes em webinar realizado pelo IBRAF

O Instituto Brasil África promoveu, no último dia 22 de maio, o webinar “Mudanças Globais em Tempos de COVID-19: Desafios e Tendências no Sistema Internacional”, que girou em torno de questões como os impactos que a pandemia tem deixado no sistema internacional e as lições para o futuro. Os participantes também tiveram a oportunidade de argumentar sobre a necessidade de cooperação internacional para superar a crise.

O encontro contou com a presença de José Ramos-Horta, Ex-Presidente da República Democrática do Timor-Leste e Prêmio Nobel da Paz; Gilbert Houngbo, Presidente do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA); e Celso Amorim, Ex-Ministro de Relações Internacionais do Brasil. O professor João Bosco Monte, Presidente do Instituto Brasil África, mediou a discussão.

Durante o diálogo, Ramos-Horta destacou que esse é um momento para as nações mais poderosas do mundo colocarem as diferenças de lado e planejarem ações conjuntas para administrar os impactos. “Se esses países não agirem com maturidade, as instabilidades causadas pela pandemia podem ser ainda maiores. O coronavírus está expondo os problemas que já eram existentes”, disse.

Houngbo seguiu a mesma linha, afirmando que “precisamos de uma resposta global que atenda às necessidades imediatas de saúde do mundo e, ao mesmo tempo, invista na resiliência dos mais vulneráveis”. O presidente do FIDA também enfatizou que os pequenos produtores precisam de apoio e devem ser parte dos esforços conjuntos.

Celso Amorim ressaltou que o momento de pandemia tem evidenciado a urgência de mudanças nos sistemas internacionais. “Precisamos encontrar um equilíbrio, e será principalmente em termos de cooperação entre países, levando em consideração as necessidades locais”, explicou.

O professor João Bosco Monte salientou a necessidade de se pensar em ações que sejam concentradas em Cooperação Sul-Sul e Triangular, que são parte da agenda do Instituto Brasil África. “É preciso estimular o compartilhamento de práticas e soluções, tanto do Sul quanto do Norte global. Sem solidariedade, não conseguiremos ir muito longe”, concluiu.

O webinar está disponível no canal do Instituto Brasil África no YouTube e pode ser acessado pelo link: https://www.youtube.com/watch?v=tmdhaGA6Ph4