Opening of the first Americas Regional Ministerial Conference on Green Economy
25 de junho de 2019
Brazil Africa Institute launches new headquarters in Fortaleza, Brazil
27 de junho de 2019

Instituto Brasil África inaugura nova sede em Fortaleza

O Instituto Brasil África (IBRAF) inaugurou, nesta terça-feira (25), sua nova sede na cidade de Fortaleza, Ceará. O evento contou com a presença do Embaixador Kenneth Nóbrega, Secretário para África, Europa e Oriente Médio do Itamaraty; da Embaixadora de Gana para o Brasil, Abena Busia; da Ministra da Educação da Guiana, Nicolette Henry; e do Vice-ministro de Ambiente do Equador, Michael Castañeda.

Embaixador Kenneth Nóbrega

Durante a inauguração, o Embaixador Kenneth Nóbrega ressaltou a importância da instituição. “Estamos aqui hoje celebrando uma nova fase para o IBRAF, que tem se destacado na promoção e fortalecimento de uma agenda comum entre o Brasil e os países do continente africano”.

Fundado em 2013, o Instituto Brasil África é uma entidade privada, sem fins lucrativos, com sede no Brasil e em Acra, capital de Gana. O objetivo do IBRAF é garantir uma aproximação sócio-político-cultural entre o Brasil e o continente africano. O Instituto realiza diversos projetos, estudos e pesquisas, além de facilitar um debate aberto entre agentes governamentais, acadêmicos e empresários.

“Estou aqui hoje representando o maior grupo de Embaixadores no Brasil, que é o corpo diplomático africano. Somos 35 ao todo e poucas pessoas sabem disso. Mas o Professor João Bosco sabe. Venho para, em nome deste grupo, dizer ‘parabéns e obrigada’”, declarou a Embaixadora Abena Busia.

Pious Dadzie, do Zenith Bank de Gana; Embaixadora Abena Busia; Ministra Nicolette Henry, Edem Bakshish e Prof. Jão Bosco Monte

O evento teve ainda a presença de Edem Bakshish, diretor do Escritório de Cooperação Sul-Sul da ONU de Istambul; de Ivan Oliveira, diretor de estudos internacionais do IPEA, do representante da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar do governo federal, Capitão Rodrigo de Campos Carvalho e do ex-presidente da Itaipu, Jorge Samek.

Homenagem ao Embaixador Paulo Cordeiro

Embaixador do Brasil para o Líbano, o diplomata Paulo Cordeiro Andrade Lima recebeu uma homenagem póstuma durante a inauguração da nova sede do Instituto Brasil África. A biblioteca da organização foi batizada com o nome do embaixador, que se destacou como grande incentivador das relações entre o Brasil e o continente africano.

Paulo Cordeiro e sua esposa, a Embaixatriz Vera Lúcia Estrela Pinto, faleceram em um acidente de carro na Itália no mês passado. “O Embaixador Paulo Cordeiro teve um papel muito importante no fortalecimento das relações recentes entre o Brasil e a África. Senti a dor da perda de um amigo e grande apoiador das iniciativas do IBRAF. Para nós é motivo de orgulho ter a chance de prestar essa homenagem, batizando um espaço que é dedicado à promoção do conhecimento com o nome de uma figura que tanto trabalhou nesta vertente”, declarou o presidente do IBRAF, Prof. João Bosco Monte, durante a inauguração do espaço.

Embaixador Kenneth Nóbrega e Prof. João Bosco Monte descerram placa da biblioteca Paulo Cordeiro

Antes de ser Embaixador do Brasil para o Líbano, Paulo Cordeiro foi Cônsul-Geral em Milão, serviu na Delegação Permanente em Genebra, na missão junto à Organização das Nações Unidas em Nova Iorque e nas Embaixadas brasileiras no México e em Ottawa, atuando como ministro-conselheiro. Também foi Embaixador no Haiti e no Canadá. No Brasil, desempenhou a função de Diretor do Centro de Estudos Estratégicos da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República e de Subsecretário-Geral de Política para assuntos da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, Oriente Médio e África, onde atuou intensamente, tornando-se reconhecido como um fundamental articulador e incentivador das relações Brasil-África.

 

 

Clique aqui para ver mais fotos da inauguração.